);

Marketing é a arte de criar valor

Kotler diz que Marketing é a arte de criar valor. Fala em valor para o cliente, bem entendido, e não em lucro para a empresa.

Então, o que é isto de “valor para o cliente”?

As empresas dedicam muito do seu tempo a comunicar a qualidade dos seus produtos ou serviços. Isso da qualidade é relativo, mas muitas pessoas continuam a insistir nesta tecla. Qualidade só existe enquanto percecionada pelo cliente. Para uma determinada pessoa, um produto pode ter a qualidade que ele necessita, enquanto para outra esse produto não apresenta a mínima qualidade.

Ou seja, se um determinado produto ou serviço satisfaz uma necessidade do consumidor e este percebe a qualidade intrínseca do mesmo, então temos valor. E este é tanto maior quanto satisfizer mais necessidades do consumidor, principalmente aquelas relacionadas com emoções e elementos irracionais. Dar mais valor ao cliente é o papel do Marketing.

O manual da marca Motorola já antecipava o futuro da empresa quando afirmava: “se um cliente não gosta de um produto, então é um defeito do produto”. Nada mais acertado e, como se viu, visionário.

Imagine uma empresa com acesso às melhores matérias-primas, aos melhores trabalhadores, às melhores máquinas, que tem um conhecimento absolutamente fantástico sobre o seu negócio, uma capacidade produtiva invejável e um preço de mercado imbatível, mas… os seus potenciais clientes não reconhecem qualquer motivação para comprar as disquetes que produz.

Antes de lançar um novo produto no mercado, estudo primeiro se este está interessado na sua compra, se satisfaz as necessidades dos clientes e quais são. A empresa não se deve limitar a produzir aquilo que sabe fazer bem. Deve-se produzir o que o mercado vai comprar.

Deixe uma resposta