);

Pagar pouco e esperar muito não é inteligente

 

As empresas que investem – ou que, para algumas, gastam – em Marketing Digital enfrentam, por vezes, a dura realidade: o conteúdo produzido não consegue atrair os “likes” nem converter-se nas vendas desejados.

Infelizmente, a explicação não reside no marketing. A estratégia, muito provavelmente, estará correta, ajustada ao mercado, aos consumidores e ao produto a vender. O problema, na maioria das vezes, reside na qualidade do próprio conteúdo.

Vivemos num mundo acelerado e em constante dinâmica. Atualmente, é muito fácil publicar conteúdos – textos, músicas, vídeos, etc. – os quais têm de competir com milhares (ou milhões) de concorrentes. A diferenciação emerge, então, da qualidade da oferta de conteúdo. Como conseguir, assim, esta qualidade que distinga o nosso conteúdo do da concorrência? Investindo.

 

Existe o hábito de pagar pouco por marketing digital

 

Acontece, porém, que a quebra nos preços prestados por estes serviços digitais, em resultado de um excesso de oferta, provocou – igualmente – uma quebra na qualidade média dos conteúdos produzidos. Quando existem pessoas no mercado que asseguram a publicação de posts no Facebook a troco de escassos euros por mês, como é que se convence uma empresa a pagar mais?

Para se criar valor com bons conteúdos digitais é necessário contar com uma equipa multidisciplinar. Profissionais competentes, especializados em várias áreas de conhecimento, capazes de, em conjunto, elaborar estratégias mais consistentes e eficazes. É necessário que quem presta este serviço utilize as ferramentas digitais mais adequadas, através de contas legais pagas. E elabore trabalhos gráficos e em vídeo profissionais, os quais irão competir pela atenção dos internautas.

No momento de escolher quem lhe vai prestar este serviço recorra apenas a equipas de profissionais qualificados. Acredite que os seus clientes vão notar a diferença.

 

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

Deixe uma resposta